Paromundo.jpg

Olá!

Bem-vindo a PAROMUNDO! 
Aqui compartilhamos dicas e experiências pelo mundo, inspirando você a viajar e
criar suas próprias memórias.

Descubra Conceição do Ibitipoca (MG)

Descubra Conceição do Ibitipoca (MG)

Conceição de Ibitipoca é uma tranquila vila mineira com casas coloridas, ruas de pedra e muitas belezas naturais. Destino perfeito para curtir a natureza, relaxar, se divertir e saborear a autêntica comida mineira. Localizada no distrito de Lima Duarte (MG), do qual dista 27 km, Ibitipoca faz parte da Zona da Mata Mineira. A aproximadamente 4 horas de carro do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte é um excelente destino para uma escapada de final de semana ou feriado.

O nome Ibitipoca significa em Tupi “Casa da Terra que Treme”, mas não se sabe ao certo se em função das grutas que serviam de moradias aos índios ou por conta dos trovões comuns na região em períodos de chuva. Essas histórias inspiram os moradores a batizarem produtos e locais homenageando a cidade. É possível comer um Ibitilanche e provar uma Ibitibeer, por exemplo.

Estivemos em Ibitipoca durante nossa Roadtrip por Minas Gerais. Foi nossa primeira parada da viagem e não podíamos começar melhor. Muita natureza, cachoeiras, atividades ao ar livre e a maravilhosa comida mineira. Ficamos 3 dias na cidade, conforme o roteiro que havíamos planejado e vamos contar nossa experiência aqui. Se quiser saber como planejar a sua roadtrip nós elencamos 10 passos para garantir o sucesso da sua viagem - confira o post.

Parque Estadual do Ibitipoca

O Parque Estadual do Ibitipoca, principal atração da região, é o destino perfeito para ecoturismo, praticantes de atividades físicas, admiradores da natureza e mesmo famílias em busca de cachoeiras para se refrescar do calor. As trilhas, cachoeiras, piscinas naturais, grutas, flora e fauna exuberantes e picos com visual montanhoso formam um cenário perfeito de contemplação da natureza.

Por se tratar de uma área de proteção ambiental, administrado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF-MG), há limitação de acesso de 500 pessoas por dia. Assim, na alta temporada - férias e feriados - é preciso chegar à bilheteria às 7 horas, quando abre, para garantir a entrada.  

Parque Estadual Ibitipoca

Os ingressos são cobrados individualmente por cada visitante e o estacionamento é cobrado separadamente. Uma opção de locomoção para o parque são as vans que fazem o trajeto de 3 km que o liga até a vila, cobrando por trecho. Há área de camping no interior do parque, cobrado por pessoa, com infraestrutura de banheiros e alimentação disponíveis. As vagas de estacionamento são limitadas. Não é permitida a entrada de animais de estimação no parque. Também é proibida a prática de esportes radicais.

O horário de fechamento do parque é às 18h, então é preciso programar bem as atividades para que consigam retornar dos passeios antes do fechamento. O parque não abre às segundas-feira; exceto quando a segunda-feira coincidir com feriado ou recesso, send o fechamento postergado para o próximo dia útil.

Existem 3 circuitos principais muito bem sinalizadas dentro do parque, com extensão e intensidade variadas. São eles: Circuito das Águas, Janela do Céu e Pico do Peão. É possível realizar todos os circuitos por conta própria, com as orientações recebidas no Centro de Apoio ao Turista, localizado a cerca de 1,5 km da portaria principal. Mas caso prefira o acompanhamento de um guia para enriquecer as trilhas, somente condutores ambientais credenciados pelo IEF-MG podem exercer a atividade no parque. Consulte a lista de guias credenciados aqui.

Circuito das Águas

Trilha leve com cerca de 5 km de extensão indicada para todas as idades, permite se refrescar em cachoeiras e piscinas naturais, além de apreciar as belezas naturais da Zona da Mata Mineira em belos mirantes e paredões. As principais atrações do circuito são Lago dos Espelhos, Lago Negro, Prainha, Lago das Miragens, Ponte de Pedra, Cachoeira dos Macacos e Rio do Salto.

O Circuito das Águas foi nosso cartão de visitas no Parque. Por ser uma trilha leve e rápida, decidimos começar por ela e foi uma experiência muito feliz. Pudemos nos banhar nas águas das diversas cachoeiras da trilha e contemplar toda a paisagem do parque composta por lagos, paredões de pedras e morros.

Circuito Janela do Céu

Janela do Céu - Ibitipoca

Janela do Céu é a famosa cachoeira a beira de um penhasco no Parque Estadual de Ibitipoca. A paisagem, emoldurada pela vegetação, toma forma de uma janela com vista para o céu e morros da região.

Esta é a maior trilha com 16 km de extensão e também a mais intensa de todas. A duração média do circuito é de 7 a 8 horas de caminhada, cortando o parque de norte a sul em subidas e descidas rodeadas pela paisagem montanhosa e grutas lindíssimas.

Esse foi nosso exercício de contemplação e superação! Quando começamos a trilha não fazíamos ideia do tamanho do desafio… A trilha é extensa e possui vários trechos de ladeiras, tanto na ida como na volta. Mas observar a paisagem durante todo percurso, se refrescar na Janela do Céu após horas de caminhada e ainda contemplar outras belezas naturais no retorno, nos trouxe muita reflexão e gratidão. Terminarmos a trilha em quase 7 horas - porque paramos bastante para descanso e fotos e nos permitimos curtir o visual da Janela do Céu por alguns bons minutos - e estávamos exaustos, mas somos imensamente gratos pela experiência. Recomendamos a todos que nos perguntam a respeito - reforçamos a necessidade de preparo físico - e certamente refaremos a trilha algum dia.

Os principais pontos do circuito são: Cruzeiro, Gruta da Cruz, Pico do Ibitipoca, Gruta dos Três Arcos, Gruta dos Fugitivos, Gruta dos Moreiras, Cachoeirinha, Janela do Céu e Rio Vermelho.

Vista Cruzeiro - Ibitipoca

Circuito Pico do Pião

Segundo ponto mais alto do parque, possui 1722 metros de altitude e permite uma visão 360º do parque. A trilha é de intensidade média e possui 11 km de extensão e duração média de 4-6 horas (ida e volta). As principais atrações do circuito são: Gruta do Monjolinho, Gruta do Pião, Gruta dos Viajantes, Pico do Pião, Ruínas da Capela.

Pico do Pião - Ibitipoca

Não conseguimos fazer esse circuito em nossa visita a Ibitipoca, pois ficamos muito cansados das duas primeiras trilhas feitas em dias seguidos. Pretendemos voltar para conhecê-los com certeza, tendo nos preparado melhor para poder aguentar o pique do parque.

Vale ressaltar que o Circuito das Águas e do Pico do Pião têm intensidade leve e moderada, respectivamente; a única trilha intensa é a da Janela do Céu. Ainda assim, vimos idosos e famílias percorrendo a trilha durante nossa caminhada - o que nos motivou muito quando pensamos em desistir. Como não temos o hábito de praticar atividade física (sic), acreditamos que esta foi a maior dificuldade no nosso caso, pois nenhuma das trilhas exige preparo extremo.

A Vila

Repleta de ladeiras, pedras no calçamento e poucos carros, ruas arborizadas e lojinhas de artesanato que completam o clima de cidade do interior. Com estrutura simples e rústica a cidade de organiza mais a cada ano para receber os turistas que estão descobrindo esse paraíso mineiro.

No centro da vila localiza-se a Matriz de Nossa Senhora da Conceição, construção em estilo colonial de 1768, com a torre do sino construída em separado do corpo da igreja. A Igreja Nossa Senhora do Rosário, outra construção da vila, foi erguida no início do século 19 pelos escravos. Ambas permanecem fechadas ao público na maior parte do tempo, sendo abertas apenas em cerimônias especiais.

Passeios de Jeep

Passeio de Jeep - Ibitipoca

Com algumas opções de rotas na região, o passeio mais procurado é o Jeep Tour até Moreiras, que leva à Parte Baixa da Janela do Céu. São 6 horas de passeio em meia a cachoeiras, lagos e trilhas da Mata Atlântica. O tour pode incluir ainda um almoço tipicamente mineiro em Moreiras. Para maiores informações, clique aqui.

Cicloturismo

Cicloturismo - Ibitipoca

É possível percorrer as trilhas da região de bike, aliando lazer e atividade física. Os trajetos priorizam estradas de terra entre vilarejos, montanhas e vales da região, incluindo transições de vegetação, relevo, história e cultura da Zona da Mata Mineira. Para maiores informações sobre os roteiros, clique aqui.

Quando Ir

A melhor época para curtir o parque é entre os meses de abril a setembro quando chove menos na região. No verão é bem quente, o que pode dificultar a realização das trilhas mais longas, mas chuvas e raios são constantes também. Já no inverso faz muito frio e é preciso estar preparado. Leve agasalhos em todos os períodos pois a temperatura cai bastante durante a noite, mesmo que o dia seja quente. Nós fomos em junho e foi perfeito. Os dias eram quentes, o que permitiu os banhos de cachoeira, mas a noite era bem fresquinha.

FullSizeRender.jpg

Evite visitar Conceição do Ibitipoca em feriados prolongados, como Reveillon e Carnaval. Como mencionamos anteriormente, o acesso ao parque é limitado e com o grande número de visitantes nesses períodos corre o risco de não conseguir acessar o parque.

Festival de Blues - Ibitipoca

Nos meses de Julho e Agosto acontecem festivais de música na vila, sendo Ibitipoca Jazz Festival em julho e o Ibitipoca Blues em Agosto. Também nesse mês acontece o Ibitipoca Off Road, rali de 400 km pelas cidades de Juiz de Fora, Lima Duarte e Conceição do Ibitipoca. Em outubro é a vez da gastronomia da região ganhar destaque com o Festival Sabores da Serra.

Como Chegar

Conceição de Ibitipoca fica a 240 km do Rio de Janeiro, 320 km de Belo Horizonte e 480 km de São Paulo. É possível seguir de carro ou de ônibus para a vila das três capitais citadas, mas é preciso atentar para algumas informações importantes.

Para quem parte do Rio de Janeiro ou de Belo Horizonte de carro, o trajeto para Conceição do Ibitipoca é feito pela BR-040 até o acesso para Caxambu e São Lourenço e depois pela BR-267 com destino a Lima Duarte. O último trecho, que liga Lima Duarte à Vila de Ibitipoca é de estrada de chão.

Saindo de São Paulo é preciso seguir pela Via Dutra até Cachoeira Paulista e de lá seguir com destino a Caxambu. A partir daí, seguir pela BR-267 até Lima Duarte e depois para Conceição do Ibitipoca pela estrada de chão que liga as duas cidades.

Nós saímos do RJ e podemos falar que não tivemos nenhum problema com as estradas. As rodovias estão muito bem cuidadas e sinalizadas. A estrada de chão que liga os municípios, também tem boa manutenção, além da encantadora paisagem de interior.

Para quem visita a cidade de carro é importante saber que a vila não possui posto de combustível, por isso é importante encher o tanque quando passar por Lima Duarte para poder se locomover com tranquilidade durante o período que estiver em Ibitipoca.

Como em todos os destinos mais isolados, a viagem de ônibus para Conceição do Ibitipoca exigirá tempo e paciência. O trajeto de ônibus é dividido em três trechos independente da capital de destino. O primeiro trecho será até Juiz de Fora, de onde se iniciará o trecho até Lima Duarte e nessa última o trecho final com destino à Vila.

O trajeto Juiz de Fora / Lima Duarte é feito pela Viação Bassamar. O ônibus não sai da rodoviária, mas do centro da cidade e passa em um ponto de ônibus em frente à rodoviária. Se informe no guichê da Bassamar dentro da rodoviária para saber exatamente onde pegar o ônibus.

Existe apenas um ônibus por dia partindo de Juiz de Fora para Lima Duarte e você precisará chegar até às 13:30h em JF para pegar o ônibus das 14h. Em Lima Duarte o último ônibus para Ibitipoca - Viação Vimara - sai às 15:15h, chegando à vila às 17h. Nos finais de semana há um ônibus extra em Juiz de Fora pela manhã. É preciso estar em JF às 5:30h para pegar os dois ônibus e chegar a Ibitipoca às 9h. No sentido contrário as saídas da Vila acontecem às 8h e às 17h.

Para aqueles que preferirem, é possível fazer o trajeto Juiz de Fora / Ibitipoca em táxis credenciados da região.

Onde Ficar

Com o aumento do número de turistas na região, a infraestrutura de acomodações vem se desenvolvendo na região. Conceição de Ibitipoca conta com estrutura de campings - no parque e na vila, chalés, pousadas e hotéis.

São muitas também as opções de acomodação pelo Airbnb na vila e proximidades. Outra opção de acomodação é a cidade de Lima Duarte, localizada a 27 km da Vila de Ibitipoca.

Reserva do Ibitipoca

O Hotel Reserva do Ibitipoca, reúne conforto, muito verde e arte em forma de esculturas de sucata da americana Karen Cusolito. Localizado a 4 km da vila e perto do Parque Estadual do Ibitipoca equilibra a simplicidade rural, o cuidado com a natureza e sofisticação em um único lugar.

Onde Comer

Bares, cafés, bistrôs e restaurantes compõem o cenário gastronômico de Ibitipoca com muito charme e sabores deliciosos.

No café da manhã não deixe de provar o tradicional Pão de Canela da região. Se quiser saborear a autêntica comida mineira, aproveite o self-servide do restaurante Varanda’s. Para um jantar mais sofisticado confira o Oliva Bistrô, Cantinho da Tailândia e Serrafina.

Nos finais de semanas e feriados, com a cidade mais cheia, é comum encontrar música ao vivo nos estabelecimentos, principalmente no complexo Ibitlua / Cleuza’s Bar e no Shopping Portal da Serra. Para aqueles que curtem reggae, é comum acontecer um pequeno show no meio da rua em frente à Cervejaria Brauhaus.

Atração imperdível nos finais de semanas e feriados em Ibitipoca, o Bar do Firma - que já não pertence mais ao Firma e agora tem o nome oficial de Candeia Blues Bar - não tem nada de convencional. Trata-se de uma casa no meio da floresta, cheia de plantas e decorada com objetos antigos. O bar fica a uns 15 minutos de carro da vila e o caminho até lá é bem tranquilo, basta se informar com os moradores.

4749601399_8a1c15faf7_z.jpg

Compras

No Shopping Portal da Serra - um pequeno centro comercial da vila - há lojas de artesanato local, bem como nas ruas da vila. Objetos de decoração e roupas feitas a mão são os principais artigos encontrados no comércio local.

Pâo de Canela - Ibitipoca

É possível encontrar o tradicional Pão de Canela em todos os cantos da cidade, mas o melhor deles é o Pão de Canela da Eliane, que fica na estrada que liga Ibitipoca a Lima Duarte - tem placa sinalizando. Super recomendamos!

A Casa da Roça é uma pequena loja no meio da mata que vende queijos da Serra da canastra, bolos e conservas de pimentas e doces. Lembranças gastronômicas dessa região.

Informações Úteis

As opções de comércio na vila têm foco no atendimento a turista e moradores, com opções de mercearias, padarias, lojas de artesanato e artigos da região, sorveterias e restaurantes.

Não há caixa eletrônico na vila também. A maioria dos locais aceita cartões de crédito e débito, mas é sempre bom ter dinheiro em espécie para despesas pequenas também.

O sinal de celular é limitado às operadoras Claro e Vivo na região e sinal de wi-fi só nas hospedagens da vila. Será uma oportunidade de se desligar do mundo e se conectar com você mesmo e com a natureza da região.


Esperamos que tenha gostado desse post! Deixe seu comentário, compartilhando suas experiências, dúvidas ou sugestões. Siga-nos nas redes Sociais para acompanhar nossos posts em primeira mão e compartilhe nosso conteúdo com seus amigos!

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva no qual falamos sobre nossas experiências em lugares incríveis ao redor do mundo. Conheça Brotas, mais um destino de Ecoturismo com o Vivendo a Vida Pelo Mundo.


Planejando sua viagem?

Reunimos tudo o que precisa para facilitar seu planejamento e você tem a oportunidade de nos ajudar também através de nossos parceiros. Ao clicar nos links abaixo e contratar os serviços, ganhamos uma comissão das empresas e você não pagará nada a mais pelo serviço.
Isso nos ajuda a melhorar cada vez mais 😉

🛏 Hospedagem: reserve seu hotel na Booking 
🚗 Aluguel de Carros: reserve carros com a Rent Cars
🔒 Seguro de Viagens: garanta o seguro com a Seguros Promo
📚 Livros e Guias e Viagem: garanta seu livro de viagem na Amazon

Conceição do Ibitipoca
As Praias Paradisíacas de Arraial do Cabo

As Praias Paradisíacas de Arraial do Cabo